Blog

Você sabia que dá para “aumentar” ou “diminuir” os cômodos somente com pintura?

Na arquitetura a cor não é apenas algo decorativo e sim um elemento arquitetônico, que determina a maneira como nos relacionamos com os ambientes.

Cada ambiente com os elementos que o compõe, formam um conjunto inseparável, que interfere diretamente nas pessoas que nele habitam.

Cada cor carrega consigo uma vibração que se bem empregada pode transformar o seu mal estar em paz de espírito, e também, mudar completamente a noção de espaço dentro da sua casa.

É claro que o tamanho das paredes não vai mudar apenas com a pintura, mas a percepção do espaço ao olhar muda de acordo com a combinação de cores.

Tons claros na parede e no teto, preferencialmente o branco ou bege, refletem mais a luz e dão sensação de amplitude.

Se o ambiente está parecendo grande demais ou impessoal, use cores escuras em todas as paredes e no teto. Dá uma sensação de aconchego.

Para alongar o segredo é ampliar as linhas horizontais. Uma das estratégias é combinar as paredes escuras com o teto e o piso claros em ambientes regulares.

Agora se a intenção é encurtar, basta pintar a parede do fundo com uma cor escura e deixar as demais paredes e o teto claros.

Se você quer diminuir o pé direito é só pintar o teto numa cor escura e deixar as paredes em um tom claro.

Para dar a impressão de que o pé direito é mais alto basta pintar o teto com um tom mais claro que as paredes.

Para estreitar, pinte as paredes opostas com um tom escuro e deixe claro o fundo, o teto e o piso do cômodo.

Quer ter a sensação de ambiente mais largo? Pinte o fundo e o teto com tons mais escuros e as paredes laterais de claro.

Embora não há regras fixas pra uso das cores é importante destacar que para defini-las adequadamente, tem que ser levado em consideração o ambiente e sua função. Porém, ressalta-se que tem que haver um equilíbrio e similaridade entre as cores.

Comentários